segunda-feira, novembro 26, 2012

RUSSULA SANGUINARIA

Ontem foi dia de passeio micológico. No meio de espécies mais facilmente identificáveis apareceu esta Russula, que se provarmos no campo é bastante picante e tem o pé bem avermelhado.
Foi em Grada, Anadia e o dia de chuva não impediu nada do que estava planeado: agarrar na cestinha e ir procurar cogumelos. Eu trouxe para casa alguns exemplares desta Russula pouco conhecida, a Russula sanguinaria, e fiz a sopa que se segue, usando os ingredientes na foto, tal como um pouco de caldo de cozer carne de vaca, para compôr o sabor. Ainda só eu é que comi, e até ver nada a dizer, para mim está boa, mas o picante perde-se completamente na preparação da sopa, fica só o sabor a cogumelo do campo, neste caso misturado com o sabor das lentilhas e do caldo de carne. Aliás não é uma sopa, é um creme de Russula! Quem quiser vir provar é só aparecer, pois congelei duas porções, é só descongelar, aquecer e triturar novamente para ficar bem cremoso! Aqui ficam as fotos:
















E pronto, agradecimentos especiais ao organizador, José Augusto Pais, meu formador no curso de Técnico de Micologia, à entidade que nos acolheu, a Associação Recreativa de Grada (link pra página no FB), e à Filipa, que me deu boleia desde casa dela em Vale de Ílhavo, aqui pertinho de Vagos (não tenho foto da bicicleta com cestinha de apanhar cogumelos presa no porta-bagagens, impermeável de caminhar, e eu de impermeável de pedalar, galochas e mochila às costas, mas podem imaginar!).

1 comentário:

MJV disse...

Ai que ainda me candidato ao creme congelado ;)