sábado, maio 06, 2017

VAI APANHAR TRUFAS NO PINHAL

Só para registar aqui na net uma expressão, usada aqui no litoral, onde os carvalhais e sobreirais foram sendo substituídos por pinhais (e que agora estão a ser substituídos por eucaliptais...).
Usava-se esta expressão para mandar a pessoa desamparar a loja, ir passear ou ir chatear o Camões.
Parece-me que a expressão pode derivar do facto de com a substituição das árvores, as trufas terem deixado de aparecer nos campos. Mas é apenas a minha interpretação.

sexta-feira, maio 05, 2017

HISTERIA COM CÃES PERIGOSOS

Deixo-vos este videozinho que de forma irónica aborda a questão que ocupou jornais e net nos últimos tempos:



Além da ironia aparecem trechos com calão e opiniões do Miguel Sousa Tavares.

quinta-feira, maio 04, 2017

ESTRANHA FORMA DE VIDA?

Um documentário com uma hora e quarenta e oito minutos, um filme! Do realizador Pedro Serra, com entrevistas em Cabrum (Vale de Cambra - distrito de Aveiro), Cooperativa Integral (Barcelona - Catalunha) e Tamera (Odemira - distrito de Beja). Experiências de formas de vida alternativas, registadas para a posteridade.

Que Estranha Forma de Vida // What a Strange Way of Life - FULL DOCUMENTARY HD from Pedro Serra on Vimeo.

quarta-feira, maio 03, 2017

terça-feira, maio 02, 2017

FOGO FLORESTAL DE VERÃO, NO INÍCIO DA PRIMAVERA, DESTRÓI PARTE DO PROJECTO CABEÇO SANTO

De manhã, há um par de dias atrás, quando me levantei bem cedinho, vi um fumo no ar que me lembrou dos fogos florestais de Verão. Não me passou pela cabeça que poderia ser fumo proveniente de uma zona que este ano passado teve o envolvimento de milhares de horas de trabalho voluntário. Mas foi mesmo assim. Um fogo ateado de forma criminosa, a meio da noite, que se espalhou facilmente com a ajuda do vento. A reportagem e algumas fotos no melhor blogue ibérico de um projecto de conservação da natureza (clicar aqui).

segunda-feira, maio 01, 2017

BERTA CÁCERES - UMA HOMENAGEM DESTE MODESTO BLOGUE

Não gosto muito de homenagens póstumas. É sinal de que o homenageado já morreu. Berta Cáceres foi assassinada. Mas ainda são poucos os que ouviram falar dela e das razões do seu brutal assassinato a mando de interesses financeiros. Fica aqui um documentário realizado em 2016, mas são 30 minutos. Vale a pena ver porque está muito bem realizado e é um bom consciencializador para as questões ambientais e de exploração dos países pobres. Na descrição do video, para quem não tem 30 minutos, está um texto em espanhol que em minuto e meio resume o que se passou, e passa, nas Honduras.
Hoje é dia de luta, ou não é?